Abert cobra investigação de incêndio criminoso em rádio da Bahia.


A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) divulgou nota na última segunda-feira (26), cobrando das autoridades policiais do Estado da Bahia, a investigação e identificação dos autores do incêndio contra a rádio Ubatã FM, na noite da última sexta-feira (23), na cidade de Ubatã, a 374 km de Salvador.

Dois homens renderam o segurança da emissora, jogaram gasolina e atearam fogo nos equipamentos do estúdio. Os funcionários da rádio conseguiram controlar as chamas, mas não impediram a destruição de parte das instalações. A programação foi interrompida.

A rádio pertence ao prefeito da cidade, Edson Neves, que foi o segundo colocado nas eleições, mas com o afastamento do eleito Agilson Muniz (PCdoB), por compra de votos e abuso de poder econômico, Neves foi levado ao posto em novembro deste ano. Suspeita-se de atentado político.

Informação: Portal Imprensa 
Reações:

Nenhum comentário:

Claro leitor seu comentário será analisado antes de ser publicado.

Seu comentário não pode ter:
*Palavras ofensivas;
*Frases que indiquem a promoção ou a despromoção pessoal;
*Desqualificação intencional a esse blog;

Quaisquer duvida deve ser encaminhada a nossa redação através da pagina contato com preenchimento obrigatório dos dados pessoais

| Copyright © 2013 Radiofusores Fm.com