Locutor é demitido por perseguição política em Sonora

O ex-prefeito de Sonora e diretor da rádio comunitária FM Cidade, Luiz Carlos Simões, começou já na segunda-feira (08) o famoso podão, cortando funcionários da empresa como o locutor de rodeio e de radialista J-Neto, alegando que o mesmo não o apoiou nas eleições deste ano, mostrando que a perseguição política já começa a operar na cidade.

Simões que foi impedido de disputar as eleições por se enquadra na lei da ficha limpa, apoiou o candidato a prefeito, Yuri Valeis (PR), e demitiu o locutor por ter apoiado o petista Cleber Fernandes de Moura (PT), que foi derrotado por uma diferença de 36 votos.

Simões fez parte do palanque da Yuri Valeis, agora deve assumir uma pasta na gestão do candidato ligado a Usina Sonora.

Além de Simões, outro ex-prefeito pode fazer parte do quadro funcional da nova administração, o também impugnado por irregularidades em sua administração, João Cavalcante. 

Informações: idest.com.br
Reações:

Nenhum comentário:

Claro leitor seu comentário será analisado antes de ser publicado.

Seu comentário não pode ter:
*Palavras ofensivas;
*Frases que indiquem a promoção ou a despromoção pessoal;
*Desqualificação intencional a esse blog;

Quaisquer duvida deve ser encaminhada a nossa redação através da pagina contato com preenchimento obrigatório dos dados pessoais

| Copyright © 2013 Radiofusores Fm.com