Homem foge de delegacia e pede ajuda ao vivo em rádio no Ceará

Após noticiar uma fuga da delegacia da cidade, o apresentador de um programa de rádio atendeu no ar, ao vivo, a ligação de um homem que se identificou como um dos foragidos e ameaçou explodir a emissora.  Mais calmo, no meio da conversa, ele pede para rádio ''falar dos prefeitos'' e quer ajuda para que os presos que já cumpriram pena sejam soltos. 

O radialista Renato Guimarães, da rádio Caiçara, de Morada Nova, terminou de ler o plantão policial da emissora na manhã de segunda-feira (6) citando os nomes dos detentos foragidos da delegacia da cidade do último sábado (4), quando atendeu o telefonema. “Aqui é um dos foragidos. Quero informar que vamos explodir sua rádio com tudo dentro. Vou explodir você e todos que estiverem aí dentro. Estamos aqui nos preparando para pegar você”, disse. E continuou: “Vou tocar fogo em você. Você pensa que a gente tem medo de vocês é? O fugitivo ainda alertou o radialista de que ele tomasse cuidado ao sair da rádio com a “ponto 40 para não estralar”.

Segundo Guimarães, no princípio, ele ficou surpreso, mas conseguiu manter a tranquilidade e ouvir o que o detento queria dizer. “Fiquei surpreso em receber uma ligação de um presidiário. No entanto, com o passar da conversa, o que todos nós percebemos na rádio, era que o rapaz estava era desabafando sobre a atual situação em que vivem os presidiários no Ceará. Não é comum a gente receber esse tipo de ligação”, disse.

Durante a conversa, o rapaz se acalma e fala das dificuldades que os presos passam dentro dos presídios e pede para a rádio criticar as autoridades.

Reclamação

“Quando a gente estava lá faltava morrer de doente, pois não chegava nenhuma viatura lá para levar os doentes para o hospital. Precisamos de um médico e um enfermeiro para se consultar. Aqui não é bom não. Quando é para prender a gente aparece umas 20 viaturas”, disse. “Você tem que falar é dos prefeitos, que não estão fazendo nada. Dos prefeitos, desses secretários que não estão fazendo nenhuma pela população. E tem um bocado de gente que está com cadeia paga e o juiz não quer soltar, viu?”, acrescentou o fugitivo.

Já no final da conversa, o radialista pergunta ao homem se ele pretendia se entregar? “Não! Vou continuar foragido. Vou voltar ali para quê? Para ser mau tratado ali. Quando estamos doentes não vamos para um hospital. Vou é morrer lá dentro. Tem gente que vai morrer ali dentro", disse.

O diretor da rádio Caiçara, Evanildo Queiroz, faz um apelo ao governantes. Segundo ele, o Vale do Jaguaribe vive com a insegurança nas ruas. "Não temos segurança. Há fugas de presos e outros crimes acontecendo e a população  fica a mercê da insegurança. É necessário tomar providências", conta.

Informações: G1
Reações:

Nenhum comentário:

Claro leitor seu comentário será analisado antes de ser publicado.

Seu comentário não pode ter:
*Palavras ofensivas;
*Frases que indiquem a promoção ou a despromoção pessoal;
*Desqualificação intencional a esse blog;

Quaisquer duvida deve ser encaminhada a nossa redação através da pagina contato com preenchimento obrigatório dos dados pessoais

| Copyright © 2013 Radiofusores Fm.com